Publicado em

Qual será o tamanho ideal para o estribo

A altura adequada do estribo é extremamente importante para um bom cavalgar. Mas muitas vezes só damos a devida importância a esse “detalhe” quando nos “falta perna” em um movimento mais brusco, ou quando ao final de um tempo cavalgando, sentimos um desconforto nas articulações do joelho, tornozelo e coluna, e alguma contração muscular. É a famosa cavalgada que nos deixa uma má lembrança pelos próximos dias.

Um estribo que é muito longo geralmente resulta em uma perda de apoio e instabilidade na perna. Além disso, ele prejudica a postura do montador. Ao contrário, quando o estribo é muito curto, fato mais raro, a perna do montador fica muito encolhida e elevada acima da parte superior do seu corpo.

Além de tornar a sua perna menos eficaz em relação a função de equilíbrio e movimento, ainda prejudica na postura adequada do seu corpo. Similar a um jockey, eles cavalgam acima da ação de seu cavalo e precariamente fora da sela.

 

Dica

Para encontrar o comprimento correto do estribo, sente-se na sela com os pés para fora deles. Relaxe a perna e permita que os estribos tenham contato com seus pés. A parte inferior (barra) do estribo deve tocar o osso do seu tornozelo.

Se você mudar de um cavalo mais largo para outro mais estreito, você terá que fazer novo ajuste. Um cavalo mais gordo toma mais parte de sua perna que um magro.

Por fim, a ideia é que o correto posicionamento do corpo ao montar o cavalo confere possibilidade de manejo hábil, seguro e confortável.